fbpx

Projetos - Ensino Fundamental II

Olimpíadas

CANGURU MATEMÁTICO – A cada ano, no mês de março, um gigantesco número de estudantes de todo o mundo participa de um importante evento internacional de Matemática. Trata-se da Olimpíada Canguru Matemático, representada no Brasil pelo IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada).

Essa atividade não visa à atuação somente dos melhores estudantes. Ao contrário, ela tem como objetivo atrair a maior quantidade possível de alunos, com a finalidade de mostrar-lhes que a Matemática pode ser interessante, útil no dia a dia e até mesmo divertida.

O Colégio Studium sempre participa dessa atividade, convidando todos os alunos interessados em avançar suas habilidades e estudos nessa valiosa atividade de cunho científico e pedagógico. 

Acreditamos que os alunos ao participarem desses tipos de atividades são desafiados a sempre aprenderem mais!

 

Educação Financeira

A educação financeira no Colégio Pequeno Príncipe/Studium tem como objetivo proporcionar ao aluno elementos para que ele possa administrar as finanças com sensatez e decisões assertivas, bem como desenvolver a capacidade de gerenciar o dinheiro e compreender que, mais importante do que saber economizar, é saber gastar.

Vivências

  • FAZENDA PEDAGÓGICA – 8º ANO
    Trata-se de um grande conjunto de atividades a serem desenvolvidas fora do ambiente escolar. Visitamos a Fazenda Pedagógica, que fica próxima da cidade de Brazlândia, na divisa entre Goiás e Distrito Federal.
    Localizada em uma região de grande beleza natural, a fazenda é visitada por escolas para a realização de estudos do meio durante o ano letivo. Com aulas, simulações, vivências, atividades práticas em diversos campos, os alunos desenvolvem a aplicação e interação da teoria com a reflexão prática.
    Assim, temos como objetivos ampliar o trabalho feito em sala de aula, valorizando, além de executarmos mais uma atividade de contato direto com a natureza, algo que entendemos ser de primordial importância na formação de nossos jovens.
  • FAZENDA PEDAGÓGICA – 8º ANO
    Trata-se de um grande conjunto de atividades a serem desenvolvidas fora do ambiente escolar. Visitamos a Fazenda Pedagógica, que fica próxima da cidade de Brazlândia, na divisa entre Goiás e Distrito Federal.
    Localizada em uma região de grande beleza natural, a fazenda é visitada por escolas para a realização de estudos do meio durante o ano letivo. Com aulas, simulações, vivências, atividades práticas em diversos campos, os alunos desenvolvem a aplicação e interação da teoria com a reflexão prática.
    Assim, temos como objetivos ampliar o trabalho feito em sala de aula, valorizando, além de executarmos mais uma atividade de contato direto com a natureza, algo que entendemos ser de primordial importância na formação de nossos jovens.

Dê um PLAY!

CANGURU MATEMÁTICO – A cada ano, no mês de março, um gigantesco número de estudantes de todo o mundo participa de um importante evento internacional de Matemática. Trata-se da Olimpíada Canguru Matemático, representada no Brasil pelo IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada).

Essa atividade não visa à atuação somente dos melhores estudantes. Ao contrário, ela tem como objetivo atrair a maior quantidade possível de alunos, com a finalidade de mostrar-lhes que a Matemática pode ser interessante, útil no dia a dia e até mesmo divertida.

O Colégio Studium sempre participa dessa atividade, convidando todos os alunos interessados em avançar suas habilidades e estudos nessa valiosa atividade de cunho científico e pedagógico. 

OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA (OBA) – A Olimpíada Brasileira de Astronomia, elaborada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), tem como objetivo a valorização do estudo científico, focando as questões relacionadas ao estudo do planeta Terra, do Sistema Solar, de outras regiões do espaço, foguetes e de diferentes fontes de energia, assuntos esses de grande importância. Todos os anos participamos desse projeto, que proporciona aos alunos maior aprendizado e visão de nosso lugar no mundo e no espaço. 

OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA (OBF) – Certamente se pudéssemos eleger os maiores feitos da humanidade, a compreensão do Universo e suas leis pela via do saber científico estaria nos primeiros lugares da lista de citações. Curioso em toda essa caminhada deslumbrante da humanidade na construção do Conhecimento é saber que não há “escolhidos” para os quais as leis universais se revelem com maior facilidade: o fascínio pela descoberta é próprio do espírito humano.

Como forma de divulgar uma parte desta construção humana chamada Ciência e desenvolver o espírito instigador da juventude brasileira em idade escolar, a Sociedade Brasileira de Física desenvolve um projeto instigante: a Olimpíada Brasileira de Física. Em três etapas (local, estadual e nacional), os estudantes de 9º ano do Colégio Studium são convidados a participar de provas teóricas e experimentais que os desafiam a resolver problemas que demonstram compreensão do mundo natural e tecnológico do qual fazem parte.

A motivação deste projeto é fazer com que a nova geração de brasileiros se apaixonem pelo Universo em que vivem e se interessem por aventurar-se nas trilhas da Ciência. 

OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA (OBM) – Todos os anos participamos da maior competição de conhecimentos matemáticos de nosso país: a Olimpíada Brasileira de Matemática – OBM.

A Olimpíada é uma iniciativa conjunta do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Ela se configura como uma importante aliada para o futuro dos jovens e para o desenvolvimento nacional, oferecendo aos medalhistas bolsas de estudos em Matemática e preparação especial para competições internacionais.

Aproveitamos esse espaço para citar que também participamos da OMEG (Olimpíada de Matemática do Estado de Goiás). Ela possui os mesmos propósitos do desafio nacional, porém, reunindo alunos e professores de nosso estado.

Acreditamos que os alunos ao participarem desses tipos de atividades são desafiados a sempre aprenderem mais!

CONCURSOS DE REDAÇÃO – Como é de prática rotineira a participação de nossos alunos em diversas olimpíadas. Porém, a grande maioria dos desafios e olimpíadas realizados em nosso país para a faixa etária de nossos alunos são nas áreas de tecnologias e ciências exatas. Ainda são poucas as de áreas diferentes.

Porém, já há um bom tempo participamos anualmente das duas mais elaboradas competições de produção de textos de nossa região, aonde sempre obtivemos excelentes resultados, de grande repercussão estadual e nacional.

Um deles é o Concurso de Redação do Jornal Tribuna do Planalto. O outro é o Concurso de Redação do CGU (Controladoria Geral da União), em Brasília.

OLIMPÍADA BRASILEIRA DE QUÍMICA (OBQ) – A OBQ, organizada pelo Programa Nacional de Olimpíadas de Química (e que conta com importantes parceiros como o CAPES –  Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – e o CNPQ –  Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) se configura como um importante instrumento de desafio e de ampliação dos conhecimentos no campo das Ciências Biológicas para nossos alunos. Com iniciativas desse tipo, criamos oportunidades para que eles se preparem melhor para os futuros concursos (ENEM, vestibulares, etc.) e para o próprio Ensino Médio.

A educação financeira no Colégio Pequeno Príncipe/Studium tem como objetivo proporcionar ao aluno elementos para que ele possa administrar as finanças com sensatez e decisões assertivas, bem como desenvolver a capacidade de gerenciar o dinheiro e compreender que, mais importante do que saber economizar, é saber gastar.

Para esse projeto de educação ambiental e preservação do patrimônio histórico, a cidade de Pirenópolis é a escolhida por se tratar de uma das mais antigas povoações de nosso Estado, com ricas manifestações folclóricas e arquitetura colonial, e também por suas grandes belezas naturais.

A excursão tem como objetivo ampliar o trabalho feito em sala de aula, valorizando nossa história, chamando mais atenção para a necessidade de preservação do meio ambiente, bem como promover o sentimento de transformação social entre os alunos. Assim, nesse projeto interdisciplinar, a maior justificativa é a busca pela formação integral de nosso aluno.

Nele fazemos a visitação dos seguintes espaços: Fazenda Babilônia, Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário e Fazenda Vagafogo.

  • FAZENDA PEDAGÓGICA – 8º ANO
    Trata-se de um grande conjunto de atividades a serem desenvolvidas fora do ambiente escolar. Visitamos a Fazenda Pedagógica, que fica próxima da cidade de Brazlândia, na divisa entre Goiás e Distrito Federal.
    Localizada em uma região de grande beleza natural, a fazenda é visitada por escolas para a realização de estudos do meio durante o ano letivo. Com aulas, simulações, vivências, atividades práticas em diversos campos, os alunos desenvolvem a aplicação e interação da teoria com a reflexão prática.
    Assim, temos como objetivos ampliar o trabalho feito em sala de aula, valorizando, além de executarmos mais uma atividade de contato direto com a natureza, algo que entendemos ser de primordial importância na formação de nossos jovens.
  • FAZENDA SANTA BRANCA – 7º Ano
    A Santa Branca é uma estância de ecologia criada para o desenvolvimento da consciência ecológica através da interação natural entre homem e meio ambiente. Distante a poucos quilômetros de nossa cidade, nela temos a oportunidade de estudar na prática uma série de assuntos importantes aprendidos em sala de aula. Os temas principais são:
    • Ciclo da Água (importância, propriedades, ameaças, bacia hidrográfica, Ribeirão João Leite);
    • Ciclo da Matéria (ciclo do carbono, do nitrogênio, decomposição e outros);
    • Fluxo de Energia (o Sol como fonte primária de energia para os seres vivos, fotossíntese);
    • Estrutura Trófica (cadeia alimentar e teia da vida);
    • Biodiversidade (conceito, importância e responsabilidade);
    • Sustentabilidade (qualidade de vida, significado, importância, responsabilidade, Eco 92 e Agenda 21);
    • Lixo e Reciclagem (reduzir, reutilizar, reciclar e repensar);
    • Agricultura Orgânica e Compostagem;
    • Cartografia, Orientação e Navegação;
    • Ecoturismo e Unidades de Conservação;
    • Zoologia e Botânica dos Ecossistemas;
    • Homem x Natureza (impactos ambientais adversos e soluções ambientais);
    • Cerrado (solo, vegetação, fauna, ameaças);

Por meio de atividades lúdicas e de educação ambiental vivenciadas nesse rico espaço, buscamos melhorar a relação humana de nossos alunos com a natureza, contribuindo para que cada estudante se sinta mais capacitado para cuidar melhor de si, do outro e do planeta como um todo. 

SARAU –  8º Ano
O Sarau é uma grande peça teatral organizada pelos próprios professores e alunos do 8º ano. Ele tem, a cada ano, se tornado uma importante atividade artística e um momento de grande integração dos alunos.

Para toda a montagem do espetáculo, os alunos são divididos em equipes de trabalho, sendo elas:

  • arte – envolve teatro, música, dança;
  • apresentadores – trata das falas e chamadas dos números artísticos e biografias;
  • apoio e avaliação – acompanha, avalia e apoia as demais funções (artísticas e de apresentação), além de participar da elaboração do material dos bastidores e dar assistência à direção do evento.

As funções são apresentadas para os alunos e cada um se encaixa em uma equipe, de acordo com suas habilidades e desejo de desafios. Os temas das peças variam anualmente. 

PALESTRAS E AULÕES
É já um costume antigo de nossa instituição ampliar os espaços de discussão e de debates em relação à diferentes assuntos e conhecimentos. Aí aparece nossa constante organização de palestras e o que chamamos de aulões.

Nos aulões, professores de diferentes disciplinas abordam um tema comum. A riqueza desse tipo de aula aparece no constante debate em torno do tema, que é visto em sua multiplicidade de interpretações pelos alunos, que percebem que o conhecimento nunca termina em um único ponto ou abordagem, sempre podendo ser ampliado e discutido de diferentes formas.

Já nas palestras convidamos profissionais de outras áreas para ampliarem discussões iniciadas dentro de nossas salas de aulas. Por serem de outros campos, tais profissionais aprofundam e trabalham, de maneira diferente, diversos assuntos que vemos serem de interesse social coletivo. Bons exemplos de palestra realizadas há pouco tempo em nossa escola são: educação ambiental, a psicologia para os jovens, a relação entre pais e filhos, como organizar o estudo de jovens em casa, os perigos da internet, ética e organização social, crimes cometidos por jovens, etc.

REVISTA STUDIUMAIS – 7º Ano
É uma revista de publicação anual produzida por nossos alunos do 7º ano e os professores, por meio da coordenação da equipe de Língua Portuguesa.

A cada ano um tema geral é trabalhado. Tais temas sempre se relacionam com assuntos de larga importância social e de grande repercussão para a vida dos jovens estudantes.

Para que a abordagem do tema geral seja eficiente, as diferentes partes da revista e as variadas reportagens são divididas entre equipes de alunos. Cada equipe precisa elaborar seu próprio material, que é orientado por algum dos professores da série. Cada professor, por meio de sua área específica de conhecimento, é o responsável por fazer cada aluno pensar, buscar e selecionar os conhecimentos necessários para trabalhar seu tema. Num segundo momento, as professoras de português orientam a montagem dos textos definitivos. 

AULAS DE ESPECÍFICAS PARA OS ALUNOS DO 9º ANO
Como é de costume em nossa instituição, sempre buscamos novos mecanismos de trabalho para avançarmos no constante processo de desenvolvimento pedagógico. Podemos observar vários exemplos disso no 9º ano, que traz uma estrutura diferente das demais séries. Ele se caracteriza pela maior carga horária, mais extensa grade curricular e pela realização das avaliações no turno vespertino, que junto com o discurso e o trabalho acadêmico mais amadurecido dos professores em sala, objetiva preparar melhor nossos estudantes para a importante passagem para o Ensino Médio.

Assim, anualmente são propostas a realização de específicas voltadas ao aprofundamento de conteúdos cobrados já no Ensino Médio. Serão três específicas de três disciplinas: Matemática, Física e Redação.

Os professores que lecionam essas as aulas, além de profissionais muito competentes e conhecidos de nossa escola, possuem ampla experiência com o Ensino Médio e na participação em Olimpíadas.

Essas aulas são destinadas aos alunos que querem ir muito mais além, que pensam nos desafios de seu futuro próximo e planejam sua vida acadêmica.

PROJETO CONTOS E LENDAS  – 6º ANO
Esse projeto se caracteriza por uma sequência de apresentações artísticas e pedagógicas feitas por cada uma das turmas.

Os temas abordados surgEM a partir de discussões realizadas nas aulas de Literatura e Produção de Texto sobre títulos literários, desde os clássicos até os contemporâneos. Além de tudo isso, outras disciplinas contribuem para a elaboração das atividades de todo o espetáculo e formulação de seu conteúdo, como: Ciências, História, Educação Física, Inglês e Geografia.

O objetivo é o de, além de despertar o gosto pela leitura e escrita, garantir uma formação plena do jovem estudante que está concluindo o seu primeiro ano de Ensino Fundamental II. Trabalhar em equipe, manter a disciplina e a organização coletiva, criar e imaginar são habilidades desenvolvidas nessa importante atividade, que é um dos bons reflexos do trabalho diário em nosso ambiente escolar.

CINEMA DE BOLSO – 9º ANO
A cada ano o tema central do projeto muda, porém, sempre com foco na questão urbana, ambiental e social atuais, valorizando os desafios cotidianos vivenciados por cada sujeito envolvido no projeto. Além disso, trabalhamos novas possibilidades de usos para dispositivos eletrônicos, tão difundidos na cultura juvenil atual.

Tudo começa nas aulas do primeiro semestre, em especial nas disciplinas de Geografia, História, Matemática, Gramática, Produção de Texto, Física, Química e Biologia, aonde diversos assuntos, que se tornam subtemas de trabalho com os vídeos, são estudados. Além disso, um “aulão” com vários professores é sempre ministrado para os alunos do 9º ano acerca desses subtemas.

Os alunos são divididos em grupos, recebendo diferentes temas distribuídos. Nesse momento, vários professores assumem o papel de orientadores dos grupos, que produzem roteiros e vídeos com média de três minutos de duração, abordando, de forma crítica e reflexiva, seus respectivos temas.

O objetivo central é de, além de despertar o gosto pela leitura e escrita, garantir uma formação plena do jovem estudante que está terminando o Ensino Fundamental II. Trabalhar em equipe, manter a disciplina e a organização coletiva, criar, raciocinar, pesquisar e imaginar são habilidades que desenvolvemos nessa importante atividade, que é um dos bons reflexos do trabalho cotidiano dentro da sala de aula. Além disso, o formato final do trabalho sendo em vídeo, acompanha as novas exigências e produções nas áreas educacionais, de entretenimento e profissionais, que tanto ocupam espaço nas redes sociais e aplicativos.

O resultado de tudo é visto na cerimônia de premiação, que apresenta os vídeos e premia as produções.

  • JOGOS INTERNOS DO COLÉGIO STUDIUM (JIST) – Com toda a certeza esse é um dos projetos mais aguardados pelos alunos. Esse importante evento, que dura uma semana e que tanto alegra nossos alunos, tem se tornado um essencial momento não apenas de valorização do esporte, mas também do trabalho em equipe, das amizades e do cuidado com a saúde.
    Nossos jogos ocorrem em um clube, o que agrega mais valor a todo o processo. Lá, nossos alunos contam com uma estrutura ampla, que proporciona várias modalidades esportivas e mais tempo para os jogos.
  • CURSO DE CUBO MÁGICO – Buscando um crescimento constante de nossos educandos, envolvendo-os com atividades que desenvolvam o raciocínio, a concentração e disposição para o entretenimento saudável, nossa escola oferece um curso sobre o CUBO MÁGICO.
    O Cubo de Rubik, também conhecido como cubo mágico, que já foi matéria de capa da revista Scientific American, nasceu em Budapest, capital da Hungria. Seu idealizador e criador foi ErnoRubik, professor de design de interiores da Academia de Artes e Trabalhos Manuais de Budapest.
  • FORMATURA DAS TURMAS DO 9º ANO – De forma geral, nossos alunos que concluem o Ensino Fundamental II nos acompanham desde os tempos do Pequeno Príncipe. Outros chegaram algum tempo depois, mas, todos, ao findarem esse longo ciclo de estudos são convidados a uma viagem de formatura para o Acampamento Nosso Recanto (NR2).
    Nele aliamos a melhor e mais completa infraestrutura de acampamentos do Brasil, com a qualidade e tradição de 65 anos, muita diversão, segurança, conforto, além do atendimento e atenção do time de monitores, responsável por uma programação dinâmica e descontraída, repleta de festas e atividades. Trilhas, esportes, recreações e superproduções como Festa à Fantasia e Noite de Gala com Baile do Branco e Preto e o consagrado Almoço dos Times são algumas das atrações de uma formatura no NR.
    Além disso, no espaço privilegiado das montanhas próximas à Campos do Jordão, são inúmeras as atividades de valorização do meio ambiente, da amizade, dos estudos e da família, algo que se soma a valiosa presença dos vários professores que sempre acompanham as turmas. São 5 dias e 4 noites de intensa alegria, companheirismo e aprendizado.
  • TÉCNICAS DE ESTUDO E ORGANIZAÇÃO PESSOAL –  Sabemos que as exigências por organização acadêmica e produção intelectual aumentam a cada ano. São mais professores, livros, redações, tarefas e provas. Todos nós, jovens e adultos, precisamos nos dedicar cada vez mais para “dar conta de tudo e ainda não deixar de estar com nossos familiares e amigos”. Porém, esse processo não precisa ser “sofrido”. Se dividirmos bem o nosso tempo e aumentarmos a nossa organização, conseguiremos cumprir com os compromissos, sempre nos manter em processo de crescimento e ainda ter tempo para as pessoas que amamos e para as atividades que gostamos.

    Pensando nisso, várias iniciativas montadas pela Coordenação do Colégio Studium são aplicadas ao longo do ano com os alunos. Além disso, os professores oferecem em sala de aula inúmeras dicas e percursos de estudos específicos de suas respectivas matérias.

    E, somando-se a todo esse processo,percebemos uma ótima oportunidade de ampliarmos ainda mais essas ações de construção da cultura do estudo diário entre nossos jovens. Ofereceremos uma oficina sobre organização pessoal e técnicas de estudo (em casa e em sala de aula). O objetivo da oficina é levar o aluno a pensar o seu cotidiano como estudante, lhe proporcionando um momento para refletir sobre as posturas que pode adotar para tornar o seu cotidiano mais organizado, produtivo e feliz.

  • RECREIO CULTURAL – Trata-se de um projeto que rapidamente caiu no gosto de nossos estudantes.

    Em suas edições temos a apresentação de alunos e professores que também são verdadeiros artistas. Eles tocam diferentes instrumentos musicais e cantam bastante. Outras expressões artísticas e lúdicas também são valorizadas nesse espaço.

    O objetivo é sempre o de despertar a atenção dos alunos para diferentes manifestações culturais, além de, é claro, proporcionar momentos de convivência saudável e de muita alegria.

Sempre trabalhamos o sentimento e a necessidade de práticas pedagógicas entre nossos alunos, por meio de reflexões sobre os desafios e problemáticas sociais, exemplos de ajuda ao próximo e por atividades como o projeto Construindo o Ser, do 6º ao 9º ano.

Consequentemente, cada série desenvolve uma abordagem específica do Projeto Studium Solidariedade. Neles, a ação social direta dos alunos é colocada em prática:

6º ano:

Os alunos são convidados a visitar o Lar Espírita Francisco de Lima, que atualmente atende 200 crianças de toda Goiânia, na faixa etária de quatro meses à cinco anos e onze meses de idade.  O atendimento é de 10 horas diárias, com atividades lúdico-pedagógicas e sociais.

Após a ida da primeira equipe de alunos e professores, os mesmos se encarregam de informar aos demais colegas o estado atual da instituição, momento em que buscarão doações que cubram parte das necessidades da instituição.

Algumas semanas depois, todos os alunos vão até a instituição. Além de entregarem os donativos, os estudantes elaboram diferentes oficinas e atividades lúdicas para executarem com as crianças do local.

7º ano:

Os alunos visitam o Abrigo dos Idosos São Vicente de Paulo (Asilo e casa de repouso em Goiânia). Trata-se de um lugar onde acolhem atualmente 70 idosos, em regime de internato, que sobrevivem basicamente de doações.

Primeiramente, acontece a visita ao abrigo, onde um grupo de alunos com a presença dos professores responsáveis pelo projeto, têm a oportunidade de ver de perto as necessidades que o abrigo possui. Após este trabalho, fazemos os momentos de sensibilização com os demais alunos para levantamento de doações que cubram parte das necessidades da instituição.

8º ano:

Os alunos do 8º ano foram convidados a visitar a Casa de Eurípedes (hospital e centro de apoio a dependentes químicos e pessoas com distúrbios neuropsicológicos). Trata-se de um lugar onde acolhem atualmente inúmeros pacientes, em regime de internato, que sobrevivem basicamente de doações.

Desde o início do segundo semestre, os professores responsáveis trabalham com os alunos sobre o tema em questão: o uso de drogas e suas consequências. Sabendo tratar-se de um assunto extremamente importante, a escola opta por ajudar essa entidade pela congruência com o tema e relevância à sociedade como um todo.

Após todo o movimento de sensibilização e arrecadação de doações, que, pela necessidade da instituição, trata-se de produtos de higiene pessoal, visitamos a citada instituição, com todos os alunos dos oitavos anos, acompanhados pelos professores envolvidos no projeto e a coordenação pedagógica. Lá, os alunos têm uma palestra com especialistas sobre o tema.

9º ano:

Os alunos do 9º ano são convidados a visitar o CEVAM (Centro de Valorização da Mulher). Trata-se de um Órgão de Utilidade Pública, sem fins lucrativos e reconhecida pela Assembleia Legislativa pela lei 16.398 de 28/11/2008. Fundada em 22 de novembro de 2001, tem como objetivo principal a implantação de programas e ações preventivas e mitigadoras de cenário de risco e vulnerabilidade de mulheres provocado pela violência do companheiro, oportunizando assistência social, psicológica e jurídica, entre outras atividades de ajuda.

Antecipadamente, os alunos montam campanhas para a arrecadação de doações, tais como alimentos e produtos básicos de saúde e higiene. Com tudo pronto, os alunos são levados até a instituição. Lá, além de entregarem as doações para as pessoas abrigadas, recebem palestras tratando dos desafios sobre o tema e sobre importância da luta contra a violência doméstica.

Na concepção de seleção e formação de nossa equipe docente e também na elaboração dos formatos de trabalho dos conteúdos programáticos, valores como respeito, solidariedade, cordialidade, gentileza e empatia são sempre elencados. Acreditamos que apenas com um trabalho escolar, que leve em consideração todas essas características, conseguiremos formar cidadãos mais humanizados. Nesse sentido, a escola enfrenta um importante desafio: abordar a moral e a ética de forma natural e efetiva, desenvolvendo projetos os quais trabalhem conteúdos sócio emocionais

Nós nos dedicamos para a formação de indivíduos socialmente responsáveis, preocupados com o bem comum e, consequentemente, não violentos. Com o comprometimento de professores, educadores, profissionais da escola e dos pais, poderemos ensinar aos jovens que uma sociedade mais humana é possível. Isso exige uma revisão dos nossos valores, para uma convivência valorativa da vida e toda a sua essência.

Hoje, família e escola lidam com crianças e jovens inseridos em uma sociedade mais individualista e menos preocupada com o bem comum. Infelizmente, o consumismo, a competição e a aparência são características muito fortes.

Por tudo isso, entendemos que a escola, desde muito cedo, deve ensinar aos seus alunos o trabalho em grupo; a partilha de problemas e sucessos; o compartilhamento de êxitos e fracassos; o bom trato e o respeito às diferenças e a prática da solidariedade. E é pensando em atingir tais objetivos, que nossa escola trabalha de forma contínua o projeto Construindo o Ser, que se baseia em atividades em grupo, troca de vivências, estudo coletivo e diálogos acerca de desafios sociais e emocionais atuais.

Além de tudo isso, direção, coordenações, inspetores e professores têm como orientação de trabalho, dentro do citado projeto, os seguintes critérios pedagógicos:

  • Promoção de discussões livres em sala de aula as quais possibilitem aos alunos a liberdade de opinião, seguida por debates devidamente acompanhados e fundamentados.
  • Clareza acerca dos limites de comportamento aceitáveis ou não no espaço escolar.
  • Levantamento de temas que abordem a tolerância, a civilidade, os direitos e deveres.
  • Execução do Projeto Anti bullying, que integra nosso PPP (Projeto Político Pedagógico), com a realização de campanhas de divulgação e prevenção.
  • A “troca de papel”. Trata-se de um exercício de troca de lugares, em que o aluno se coloca no lugar da outra pessoa, praticando a empatia na resolução de conflitos.
  • A formação de rodas de conversa e momentos de convivência em grupo para a reflexão sobre situações de conflito que surgem no convívio entre os pares.
  • Observação constante das relações estabelecidas na escola.
  • Acompanhamento dos alunos envolvidos em conflitos emocionais.
  • Trabalho com textos e livros os quais sugerem temas como cooperação, estímulo à sensibilidade e reflexão.
  • Definição e acompanhamento das regras de convivência entre os alunos.