fbpx

Projetos – Ensino Fundamental I

Projeto Conviver

Desenvolve valores fundamentais para a formação de pessoas que  exercem/praticam a cidadania: amor, amizade, paz, cooperação, sinceridade, justiça, perdão, honestidade, respeito, solidariedade, responsabilidade, entre outros.

Semana da Família

Possibilita uma maior reflexão e sensibilização sobre a importância da família, independente do modo como ela é constituída.

Mensageiros da Paz

Promove a interação entre os alunos de diversas salas, com o objetivo de trabalhar os valores como doação, partilha, generosidade e respeito ao próximo.

Páscoa solidária

Ação social que tem desenvolve nos alunos o exercício da solidariedade e da cidadania, através de doação de ovos para crianças menos favorecidas.

Meio Ambiente

O trabalho com o meio ambiente é de extrema importância. Uma criança que aprende desde cedo que ela é parte da natureza e não proprietária dela, terá uma relação muito mais sustentável com o meio ambiente. Ela saberá que precisa jogar o lixo no lugar certo não apenas porque a professora mandou, mas porque ela tem responsabilidade com o planeta e porque se ela não fizer isso estará prejudicando sua própria casa.

O futuro é agora!

Para garantir a experimentação desse campo, promovemos em nossa escola atividades como construções com sucata, reciclagem… em que as crianças são convidadas a fazer observações, manipular objetos, investigar e explorar seu entorno, levantar hipóteses e consultar fontes de informação para buscar respostas às suas curiosidades e indagações.

 

Fazer uma pequena horta na escola é uma atividade simples, mas cheia de significado! A professora pode envolver as crianças em todo o processo, desde a preparação dos vasos, da terra, o plantio até a colheita. Além de terem o contato direto com a natureza, elas aprenderão sobre o ciclo da planta e mudará para sempre a forma como a criança olha para o alimento.

Educação Financeira

Educação Financeira também é coisa de criança
Ciclo de palestras para o entendimento do conceito Educação Financeira. Atividades de analise e experimentação de ações financeiras em casa

Projeto Cofrinho
Oportuniza situações que envolvem o reconhecimento de cédulas e moedas, além de ensinar a lidar com situações de troco. Aprendem também a importância de economizar para utilizarem o dinheiro de forma consciente e responsável.

Aperte o PLAY!

Confira alguns vídeos dos nossos projetos!

  • Projeto Conviver – Desenvolve valores fundamentais para a formação de pessoas que  exercem/praticam a cidadania: amor, amizade, paz, cooperação, sinceridade, justiça, perdão, honestidade, respeito, solidariedade, responsabilidade, entre outros.
  • Semana da Família – Possibilita uma maior reflexão e sensibilização sobre a importância da família, independente do modo como ela é constituída. Semana da Criança – Propicia momentos diferentes de diversão e demonstração do quanto as crianças são valorizadas, respeitadas e amadas em nossa escola.
  • Mensageiros da Paz – Promove a interação entre os alunos de diversas salas, com o objetivo de trabalhar os valores como doação, partilha, generosidade e respeito ao próximo.
  • Páscoa solidária – Ação social que tem desenvolve nos alunos o exercício da solidariedade e da cidadania, através de doação de ovos para crianças menos favorecidas.
Na concepção de seleção e formação de nossa equipe docente e também na elaboração dos formatos de trabalho dos conteúdos programáticos, valores como respeito, solidariedade, cordialidade, gentileza e empatia são sempre elencados. Acreditamos que apenas com um trabalho escolar, que leve em consideração todas essas características, conseguiremos formar cidadãos mais humanizados. Nesse sentido, a escola enfrenta um importante desafio: abordar a moral e a ética de forma natural e efetiva, desenvolvendo projetos os quais trabalhem conteúdos sócio emocionais Nós nos dedicamos para a formação de indivíduos socialmente responsáveis, preocupados com o bem comum e, consequentemente, não violentos. Com o comprometimento de professores, educadores, profissionais da escola e dos pais, poderemos ensinar aos jovens que uma sociedade mais humana é possível. Isso exige uma revisão dos nossos valores, para uma convivência valorativa da vida e toda a sua essência. Hoje, família e escola lidam com crianças e jovens inseridos em uma sociedade mais individualista e menos preocupada com o bem comum. Infelizmente, o consumismo, a competição e a aparência são características muito fortes. Por tudo isso, entendemos que a escola, desde muito cedo, deve ensinar aos seus alunos o trabalho em grupo; a partilha de problemas e sucessos; o compartilhamento de êxitos e fracassos; o bom trato e o respeito às diferenças e a prática da solidariedade. E é pensando em atingir tais objetivos, que nossa escola trabalha de forma contínua o projeto Construindo o Ser, que se baseia em atividades em grupo, troca de vivências, estudo coletivo e diálogos acerca de desafios sociais e emocionais atuais. Além de tudo isso, direção, coordenações, inspetores e professores têm como orientação de trabalho, dentro do citado projeto, os seguintes critérios pedagógicos: – Promoção de discussões livres em sala de aula as quais possibilitem aos alunos a liberdade de opinião, seguida por debates devidamente acompanhados e fundamentados. – Clareza acerca dos limites de comportamento aceitáveis ou não no espaço escolar. – Levantamento de temas que abordem a tolerância, a civilidade, os direitos e deveres. – Execução do Projeto Anti bullying, que integra nosso PPP (Projeto Político Pedagógico), com a realização de campanhas de divulgação e prevenção. – A “troca de papel”. Trata-se de um exercício de troca de lugares, em que o aluno se coloca no lugar da outra pessoa, praticando a empatia na resolução de conflitos. – A formação de rodas de conversa e momentos de convivência em grupo para a reflexão sobre situações de conflito que surgem no convívio entre os pares. – Observação constante das relações estabelecidas na escola. – Acompanhamento dos alunos envolvidos em conflitos emocionais. – Trabalho com textos e livros os quais sugerem temas como cooperação, estímulo à sensibilidade e reflexão. – Definição e acompanhamento das regras de convivência entre os alunos.

Troca-troca
Estimula o hábito da leitura através da troca de livros literários semanalmente, proporcionando diferentes estratégias de leitura e escrita a cada livro lido. Projeto escambo – promove a troca de livros literários, revistas, gibis entre os alunos. Projeto: Caixa de Poesia: Palavra Cantada; Varal de Poesias ;Café com poesia, no mundo de Cora, é pura magia!; Clássicos em prosa e verso.

O trabalho com o meio ambiente é de extrema importância. Uma criança que aprende desde cedo que ela é parte da natureza e não proprietária dela, terá uma relação muito mais sustentável com o meio ambiente. Ela saberá que precisa jogar o lixo no lugar certo não apenas porque a professora mandou, mas porque ela tem responsabilidade com o planeta e porque se ela não fizer isso estará prejudicando sua própria casa. Um dos Campos de Experiência organizados na BNCC (Base Nacional Comum Curricular) é o “Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações”, que tem tudo a ver com o assunto do meio ambiente. A proposta desse campo parte do princípio que as crianças vivem em espaços e tempos diversos e, que na medida que se desenvolvem, precisam entender tudo isso e diferenciar cada um desses cenários. Estamos falando de conceitos como rua, bairro, cidade, dia, noite, hoje, ontem e amanhã. Mas, além disso, elas precisam experimentar essas diferentes dimensões no mundo físico e isso inclui o entendimento de questões como fenômenos atmosféricos, os diversos tipos de animais, as plantas, as transformações da natureza e os diferentes materiais. Por isso, para garantir a experimentação desse campo, promovemos em nossa escola atividades como construções com sucata, reciclagem… em que as crianças são convidadas a fazer observações, manipular objetos, investigar e explorar seu entorno, levantar hipóteses e consultar fontes de informação para buscar respostas às suas curiosidades e indagações. Fazer uma pequena horta na escola é uma atividade simples, mas cheia de significado! A professora pode envolver as crianças em todo o processo, desde a preparação dos vasos, da terra, o plantio até a colheita. Além de terem o contato direto com a natureza, elas aprenderão sobre o ciclo da planta e mudará para sempre a forma como a criança olha para o alimento.

Em nossa escola, higiene e saúde é um tema transversal trabalhado com os alunos desde o Infantil , visto que o Ensino Fundamental já conta com o aprendizado adquirido e aprimora. É muito importante a consciência corporal e os cuidados com o próprio corpo.
Através de atividades lúdicas, didáticas e diversificadas ( histórias, músicas, vivências…) o tema é explorado durante todo o ano, pois assim os alunos vão incorporando essas atividades no dia-a-dia e passarão a vê-las com naturalidade em vez de enxergá-las como uma obrigação e um momento desagradável. Pesquisas e seminários são realizados para circulação do conhecimento. Algumas campanhas também são desenvolvidas.

Educação Financeira também é coisa de criança
Ciclo de palestras para o entendimento do conceito Educação Financeira. Atividades de analise e experimentação de ações financeiras em casa

Projeto Cofrinho
Oportuniza situações que envolvem o reconhecimento de cédulas e moedas, além de ensinar a lidar com situações de troco. Aprendem também a importância de economizar para utilizarem o dinheiro de forma consciente e responsável.

O trabalho de Educação para o Trânsito em nossa escola visa contribuir significativamente para a conscientização das crianças a respeito da promoção de um trânsito mais seguro.
Os alunos participam de atividades variadas (jogos, histórias, rodas de conversa, produções de textos, confecção de cartazes, simulações, vivências…) para conhecerem algumas leis de trânsito e sinalização, que propiciam a construção de valores e comportamentos que impactam na vida das pessoas, como a paciência, a solidariedade, a tolerância e o respeito, de forma a melhorar a convivência das pessoas no trânsito.

A criança educada para o trânsito colabora para a proteção de si mesma e dos outros, além de se tornar um adolescente e, depois, um adulto mais cuidadoso.

A fluência digital é a capacidade de entender a transformação digital. Estamos passando por um período de rápida expansão do conhecimento, com o surgimento de novas tecnologias. Nosso aluno é capaz de identificar linguagens e aplicabilidade de ferramentas que permitem ampliação de competências e habilidades. Também aprende a se proteger das armadilhas do mundo digital e ser empático estudando sobre o lado negativo da tecnologia.