Studium Pequeno Príncipe | Educação Infantil, Fundamental I e II

Ir para página inicial
Agende uma visita..

Institucional

Proposta Pedagógica

Projeto Político Pedagógico

Nossa sociedade contemporânea privilegia a abundância e facilidade de acesso às informações e se caracteriza pela veloz produção e divulgação de conhecimentos. Nesse contexto, a educação e o aprendizado implicam atualização, curiosidade e abertura para o novo, mas, ao mesmo tempo, exigem um olhar crítico em relação ao valor, interpretação e uso do conhecimento/informação.

Esse, porém, é apenas um dos aspectos da formação educativa. O ser humano, sendo bio-psico-social, produtor de história e cultura, possui necessidades físicas, materiais, afetivas, relacionais e transcendentais. Assim, necessita desenvolver capacidades e potencialidades, bem como saberes essenciais: sentir, refletir, fazer, ser ético e ser solidário.

Ciente dessa realidade, a Pedagogia do Pequeno Príncipe traduz-se em ações que:

  • oportunizam experiências concretas, contextualmente significativas, e favorecem a aproximação dos alunos entre si;
  • desafiam o raciocínio e permitem a criança elaborar hipóteses sob variadas formas de expressão e exploração;
  • colaboram para o fortalecimento de autoestima e de construção da identidade;
  • respeitam e incorporam a diversidade de expressões culturais;
  • valorizam o trabalho cooperativo;
  • combinam a atuação educativa de grupo às necessidades e ritmos particulares de cada criança;
  • consideram que a atuação mediadora do adulto (ao incentivar, questionar, propor, facilitar interações) é de vital importância na construção do conhecimento pelo indivíduo;
  •  reconhecem que o conhecimento é construído, progressivamente, por meio de atividade do próprio indivíduo e também das interações sociais;
  •  enfatizam a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade;
  • tornam as experiências e vivências do cotidiano do(a) aluno(a) como ponto de partida para as novas aprendizagens escolares;
  • organizam o trabalho escolar em torno de atividades que proporcionem o prazer de conhecer, o desejo de descobrir e de fazer;
  • respeitam a diversidade das crianças, enquanto pessoas e enquanto membros de um grupo;
  • estimulam o desenvolvimento da autonomia do educando, enquanto pessoas e enquanto membros de um grupo;